10 filmes para ver nesta sexta-feira 13

13/01/2017

Pânico (Scream, 1996)

Um serial killer conhecido como Ghostface, fascinado por filmes de terror, aterroriza a pequena cidade de Woodsboro, na Califórnia, estripando jovens com seu facão. Como ele usa máscara, todos da cidade se tornam suspeitos, e o círculo vai se fechando conforme o assassino mata suas vítimas uma a uma.

Sidney Prescott, uma das vítimas, consegue escapar do assassino, que agora é obcecado pelo desejo de matá-la. Sidney precisa achar um jeito de parar o maníaco, assim como descobrir o que ele tem a ver com a morte de sua mãe.

O filme revolucionou o gênero de “slasher movie” nos anos 90, inspirando diversos imitadores. Para os que já viram, é difícil não lembrar da épica introdução com Drew Barrymore, dos momentos tensos, dos sustos e até das risadas que o filme proporciona. Destaco também as atuações de Neve Campbell como a protagonista, de Courteney Cox como a oportunista Gale Weathers e de David Arquette como o engraçado policial Dewey. Um clássico instantâneo, que ainda gerou três continuações de sucesso.

“Don’t answer the phone. Don’t open the door. Don’t try to escape.”

Invocação do Mal (The Conjuring, 2013)

Um casal e suas cinco filhas se mudam para uma nova casa, onde estranhos acontecimentos inexplicáveis começam a acontecer. As assombrações assustam as meninas, o pai e, principalmente, a mãe. Em razão dos sustos, a família resolve contratar Ed e Lorraine Warren, um casal que investiga casos paranormais. Agora, eles precisam descobrir qual o mal que habita a casa e como eles podem se livrar da entidade.

A sinopse pode parecer clichê, mas o filme é muito bom, diferente de outros longas de terror. O diretor James Wan acertou em cheio. Conseguiu trazer um filme com bons atores, cenas bem ambientadas e sustos que, com certeza, vão fazer você pular da poltrona. Ah, também vale lembrar que o enredo de Invocação do Mal é baseado em fatos reais, ou seja, um ótimo filme para se assistir na sexta-feira 13.

A Chave Mestra (The Skeleton Key, 2005)

A Chave Mestra é um filme de suspense e terror que não foca criaturas sobrenaturais, mas sim práticas de magia negra e Hodoo (um tipo de vodu), que dão um tom mais sombrio e realista a história.

O filme narra a história da jovem Caroline Ellis, que acompanha doentes terminais. Ela aceita cuidar de um senhor que sofreu um derrame e que mora com a esposa em um terreno isolado na cidade de Nova Orleans.

Em seu primeiro dia na casa, a jovem recebe da Sra. Deveraux uma chave mestra que abre todas as portas da mansão, exceto uma, de um quarto isolado, do qual a senhora não gosta de falar. Com o passar do tempo, a jovem começa a desvendar os estranhos segredos que rondam a casa e a família, levando-a a se envolver com rituais de magia negra que, aos poucos, vão mudando sua crença sobre esses assuntos. O enredo do filme é ótimo e o final é simplesmente espetacular, surpreendente em todos os sentidos.

A Hora do Pesadelo (A Nightmare on Elm Street, 1984)

Este clássico conta a história de um grupo de jovens que começa a ser assombrado por um homem com um suéter listrado, garras e um rosto deformado. O pior é que o sujeito só ataca no nosso momento mais indefeso: dentro dos sonhos. Com o tempo, descobrimos que o vilão se chama Freddy Krueger e que ele foi queimado vivo ao ser acusado de molestar crianças no passado. Essas crianças agora cresceram e se tornaram suas vítimas.

O filme é um clássico e ganhou um remake cheio de efeitos especiais em 2010. Dirigido por um dos mestres do terror (Wes Craven), A Hora do Pesadelo tem a seu favor grandes atores e uma grande historia, além de ter eternizado um dos vilões mais populares de todos os tempos. Se você não é contra remakes, assista ao original e depois a refilmagem, garanto que vão ser horas de tensão e de muito terror!

O Mistério das Duas Irmãs (The Uninvited, 2009)

Também está cansado de filmes de terror/suspense normais, com finais previsíveis? Então O Mistério das Duas Irmãs é perfeito para você! O filme conta, basicamente, a história de uma menina (Anna) que tenta se matar após a morte de sua mãe num incêndio. Com muitas reviravoltas, o filme te insere na história de uma forma tão bizarra que você interage com ele do início ao fim, tentando descobrir quem é o verdadeiro assassino. O final não é previsível, assim como nada no filme. O roteiro é simplesmente genial e vale muito a pena para quem curte finais surpreendentes e inteligentes.

Halloween – O Início (Halloween, 2007)

Halloween – O Início é uma refilmagem do clássico lançado em 1978 sobre o serial killer Michael Myers. Esse remake foca bem mais os anos que Michael passou em um hospital psiquiátrico, mostrando o completo processo de formação de um serial killer.

O filme retrata a infância problemática de Michael, um garoto excluído de seu círculo social. Ele tem que conviver com Ronnie, seu padrasto inútil, e com Judith, sua irmã, já que sua mãe, uma prostituta, sempre esteve muito ausente por conta do trabalho, que sustenta o lar. A história começa pra valer quando alguns colegas zombam de Michael por conta da profissão de sua mãe, o que deixa o garoto enfurecido, dando início à sua onda de assassinatos.

O Segredo da Cabana (The Cabin in the Woods, 2009)

Você já conhece a história… ou pelo menos pensa que a conhece. Um grupo de jovens vai para uma cabana no meio da floresta pra se divertir por um final de semana. Clima de suspense, tudo muito manjado. Logo de início, o filme aparenta ser uma paródia. Então a narrativa começa a se desviar do rumo esperado: intervenções alheias dão início a uma corrente de eventos inesperados e completamente bizarros no complexo da cabana.

Essa obra foge totalmente do estereótipo do gênero, deixando claro que o produtor Joss Whedon (de Os Vingadores) faz uma crítica direta à mesmice de filmes do tipo. Consegue ser extremo – ou você ama, ou você odeia (e se odiar, nunca vai se esquecer da história). Recomendado para aqueles que querem uma fuga dos clichês.

Annabelle (2014)

Se você não estava nesse planeta (ou nos planetas vizinhos) no ano passado, então pode ser que Annabelle seja uma novidade pra você. Após ser presenteada pelo marido com uma boneca, Mia tem a casa invadida pela filha da vizinha, que era nada mais nada menos que um membro de uma seita satânica. Depois das atrocidades que acontecem naquela noite, eventos estranhos ligados à “boneca do mal” começam a assombrar o casal. Um filme agoniante e assustador que vai te render algumas noites com as luzes acesas.

The Babadook (2014)

Se você pensa que não se faz mais filmes de terror como antigamente, eu tenho uma boa notícia pra você: há exceções! E uma delas é The Babadook (2014), que conta a história da viúva – e extremamente depressiva – Amelia (Essie Davis), que perdeu seu marido no dia do nascimento do seu filho, Samuel (Noah Wiseman) e, por isso, possui uma relação complicada com ele.

Em uma noite solitária, Sam pede à mãe que leia um livro encontrado na estante chamado The Babadook, e Amelia, ao ler a obra, vai se dando conta de seu conteúdo sinistro: trata-se de uma criatura sobrenatural que, uma vez descoberta, nunca mais vai embora. A partir daí, Amelia começa a sofrer distúrbios de personalidade, ter alucinações e a se voltar contra o próprio filho. Ao longo do filme, nós conseguimos sentir cada emoção, cada revolta, cada distúrbio de Amelia. O filme é um terror psicológico dos bons, com ótima atuação e uma ótima história que não se perde nos sustos clichês. Enfim, uma excelente pedida para essa sexta-feira 13!

A Entidade (Sinister, 2012)

Um filme bastante perturbador, mas meio desconhecido, é A Entidade. O longa usa a música e os efeitos sonoros de forma bastante envolvente, até mesmo chegando a causar um desconforto.

A história é sobre um escritor que, procurando por um bom enredo, se muda para uma casa na qual os últimos donos foram brutalmente assassinados. Chegando lá, ele descobre uma caixa com vídeos amadores de pessoas sendo decapitadas. Por causa do visual amador dos vídeos, o terror do filme fica ainda mais próximo. Uma boa pedida para quem quer chorar pela mamãe.